facebook
tweeter
login adm
25/02/2018 - 12:38 H
 

Análise: o que o Palmeiras e Dudu precisam melhorar para ...

Análise: o que o Palmeiras e Dudu precisam melhorar para o início da Libertadores

Verdão apresenta falhas no Dérbi, e capitão mostra descontrole após pênalti de Jailson em Renê Júnior. Estreia no torneio sul-americano é na quinta-feira

Depois de seis vitórias e dois empates, o Palmeiras conheceu no último sábado sua primeira derrota em 2018.

Mais do que perder para o arquirrival Corinthians, por 2 a 0, o Verdão mostrou alguns problemas que precisam ser corrigidos pelo técnico Roger Machado principalmente para a o início da Taça Libertadores, nesta quinta-feira, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia.

E um personagem também precisa de mudanças: Dudu, o capitão alviverde. Em uma temporada discreta até agora, o atacante mostrou descontrole emocional ao sugerir que o time saísse de campo após o pênalti em Renê Júnior e, pouco depois, cometeu a penalidade que acabou com qualquer chance de reação.

Muitos espaços na marcação
O gol do Corinthians resume bem o problema. O rival tocou a bola por 1min23s e trocou nada menos do que 28 passes. Ninguém do Palmeiras forçou a marcação para roubar a bola ou ao menos interceptar os toques. Com Rodriguinho e Jadson próximos pelo meio, Felipe Melo ficou sobrecarregado na marcação, o que também dificultou o trabalho dos zagueiros.

Dificuldade na saída de bola
O Palmeiras sofreu bastante com a forte marcação do Corinthians no ataque. Carille montou uma linha com quatro jogadores (Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson) e atrapalhou o avanço alviverde. Felipe Melo e Tchê Tchê não tiveram espaço para conduzir a bola até Lucas Lima. Veja no vídeo abaixo que, depois de muitos passes trocados, a solução foi dar um chutão.

Velocidade pelos lados
Com o meio congestionado, o Palmeiras precisava da saída rápida com os laterais Marcos Rocha e Michel Bastos. Mas não teve. Os dois jogadores também foram marcados com facilidade e praticamente não produziram.

Lentidão ofensiva
O Palmeiras precisará de mais agilidade no ataque, principalmente quando enfrentar adversários fechados na Libertadores. O Verdão só criou no momento em que avançou a marcação e roubou a bola no campo de defesa rival. Quando teve a bola, quase nada funcionou por conta da lentidão em trocar passes para envolver o Corinthians.

Dudu: o que está acontecendo?
Referência e um dos líderes do elenco, o atacante não tem um grande início de temporada. Mas não é só o desempenho que começa a preocupar. O jogador se descontrolou depois do pênalti de Jailson em Renê Júnior marcado pelo árbitro Raphael Claus. Irritado, o jogador chegou a sugerir a alguns companheiros para abandonar a partida

Se empatar já estava difícil com dez jogadores, o pênalti cometido por Dudu em Rodriguinho acabou com qualquer chance do Palmeiras. Pouco antes, ele recebeu um cartão amarelo por falta em Fagner.

Dudu é o termômetro do time e da torcida. Em muitas vezes, supera adversidades e muda as partidas na garra. Mas, para enfrentar a catimba sul-americana na Libertadores, o atacante vai precisar ter a cabeça no lugar e voltar a jogar bem.

GloboEsporte